Autor: Neto Gregório

Publicitário e teólogo, já teve 1 bitcoin na carteira, mas não teve a paciência e a fé necessárias para esperar a lua chegar, o que no jargão popular implica dizer que sou um "mãos de alface".