continua depois da publicidade

O governo não tem “capacidade de pagamento” para fazer frente ao “meteoro” de dívidas de precatórios que a União tem a pagar, afirmou hoje o ministro da Economia, Paulo Guedes.

O valor previsto para o pagamento dessas dívidas, provenientes de decisões judiciais contra o Estado, saltou de R$ 53 bilhões este ano para R$ 90 bilhões em 2022.

“O sapo vai ter de pular, porque não há capacidade de pagamento”, disse Guedes. Questionado se haverá calote, o ministro negou. “Devo, não nego; pagarei assim que puder”, disse. “Calote não há; se perguntar aos pequenos, eles vão dizer que não”, disse. “Os maiores vão ter alternativa.”

Compartilhar.
continua depois da publicidade

Deixe seu comentário!