continua depois da publicidade

Iniciamos o mês de fevereiro ouvindo falar sobre esse assunto, e hoje essa notícia se tornou manchete em todos os portais de notícias. Isso porque, foi a partir da meia noite de hoje (14) que o Banco Central liberou o acesso para que milhares de brasileiros verifiquem se possuem algum dinheiro pendente em contas esquecidas em bancos ou outras instituições financeiras.

Talvez você caiu nesse artigo de paraquedas e está se perguntando, mas afinal, que dinheiro é esse?

Quando encerramos contas bancárias muitas vezes acaba ficando algum valor pendente, ou até contas sem movimentações por muito tempo com saldo que é esquecido. Além disso, também existem tarifas que são cobradas indevidamente ou parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente. Caso isso tenha ocorrido e as instituições tenham assinado um Termo de Compromisso para devolução junto ao Banco Central, esse dinheiro estará disponível para você.

A consulta de quem tem direito ao dinheiro é feita a partir do fornecimento de informações como CPF e data de nascimento. Segundo o órgão, o montante a ser devolvido pode chegar a R$ 8 bilhões, referente a contas encerradas com saldo disponível ou tarifas cobradas indevidamente por bancos e outras instituições financeiras.

A pesquisa é realizada no Sistema Valores a Receber (SVR) por meio do endereço — valoresareceber.bcb.gov.br.

Para os cidadãos com dinheiro a receber, será necessária conta no Portal Gov.br, que fornece acesso a serviços públicos digitais. O cadastro para ter a conta é gratuito e pode ser feito na área de login do Gov.br ou pelo aplicativo Gov.br, disponível para usuários de dispositivos móveis dos sistemas Android e iOS. (Agência Brasil). Porém muita atenção ao efetuar o cadastro no site do GOV.BR, pois é necessário ter uma conta nível prata ou ouro.

Ao fazer a consulta no site do Banco Central, se tiver dinheiro esquecido em bancos e instituições financeiras, o consumidor será informado da data e período para solicitar o resgate do saldo existente e saber o montante.

Se não comparecer na data e período informado, será necessário voltar no sábado da repescagem, de acordo com o calendário acima. A repescagem vai funcionar durante todo o dia, das 4h às 24h, informou o BC.

Se o usuário também perder o sábado de repescagem, poderá consultar ou solicitar o resgate do saldo existente a partir de 28 de março.

Mesmo se você não consultar ou solicitar o resgate do saldo existente em todas essas datas, isso não afeta o direito sobre os recursos a devolver. Eles continuarão guardados pelas instituições financeiras, esperando a solicitação do resgate. (CNN Brasil).

Share.
continua depois da publicidade