continua depois da publicidade

As autoridades financeiras dos Estados Unidos trabalham para criar leis regulatórias para o mercado de dólares das criptomoedas, mostra reportagem do Financial Times.

O antigo debate sobre criptomoedas serem facilitadores para práticas de lavagem de dinheiro internacional faz com que isso seja uma das prioridades dos principais órgãos reguladores do mundo. Estima-se que o mercado de criptomoedas atualmente vale mais de US$ 1,5 trilhão.

De tempos em tempos as autoridades falam sobre a vontade de mais regulamentação dos ativos, mas agora as conversas avançam, com os reguladores americanos anunciando que decidirão que órgão ficará incumbido de supervisionar o mercado no país.

O mercado de criptomoedas vive um momento de alta volatilidade, com preços despencando rapidamente em  maio, mas uma retomada ainda lenta. Desde o início do ano, outros países fizeram investidas contra o livre comércio de criptomoedas, incluindo a China e o Irã.

Em sua entrevista ao jornal, Michael Hsu, do Departamento do Tesouro norte-americano, explicou que o objetivo é definir um “perímetro regulatório” para as criptomoedas. Ele foi apontado este mês como auditor da moeda, ocupando uma posição ligada à administração do sistema bancário federal dos EUA enquanto continua sendo a diretor do escritório de Controladoria da Moeda.

Logo que assumiu a nova posição, Hsu pedir a revisão de uma decisão do governo Trump que entregou cartas de confiança nacionais a empresas que oferecem serviços de custódia para criptomoedas.

Este mês ocorreu a primeira reunião da equipe criada para discutir a nova regulamentação. Três agências fazem parte da equipe que deverá propor novas leia: a Controladoria da Moeda,  o Federal Reserve (Banco Central dos EUA) e Corporação Federal de Seguros de Depósitos.

Conforme noticiado anteriormente, a SEC (Comissão de Valores Mobiliários) e a Comissão de Negócios Futuros de Commodities também analisam como proteger os investidores no criptomercado.  O presidente da SEC, Gary Gensler, é um crítico da criptografia, tendo observado que o Departamento do Tesouro dos EUA está concentrado na “prevenção à lavagem de dinheiro e proteção contra atividades ilícitas” que usam ativos digitais como meio.

Compartilhar.
continua depois da publicidade

Deixe seu comentário!