continua depois da publicidade

A gigante dos processadores Intel fez um investimento de US$ 763 mil (R$ 4 milhões) em ações da corretora norte-americana Coinbase. A opção foi pela compra dos papéis de “Classe A”, voltados para investidores que buscam lucros a longo prazo.

A formalização do aporte da Intel está em um documento enviado à Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (ou SEC, na sigla em inglês). Agora a empresa detém 3.014 ações da Coinbase, que estreou na NASDAQ há apenas quatro meses.

Segundo mostrou o site Tom’s Hardware, a Intel não havia emitido detalhes financeiros no último trimestre. Isso pode significar que a Intel só poderia deter menos de 5% das ações inicialmente ofertadas na IPO, quando ocorreu o lançamento da Coinbase na bolsa ou efetuou o pagamento pelas ações somente agora.

A plataforma da Coinbase continua se expandindo e possui 56 milhões de clientes somente nos Estados Unidos. Mas isso não tem entusiasmado os investidores. A exchange teve estreia abaixo da expectativa e suas ações foram inicialmente avaliadas em US$ 430. Mas logo sofreu queda de preço e atualmente, são negociadoa por US$ 254 (R$ 1.340).

Isso não parece ter abatido a Intel e mostra o interesse de grandes corporações por criptomoedas. Sem ter um perfil de risco, a Intel certamente aposta em ganhos expressivos com essas ações no futuro.

Compartilhar.
continua depois da publicidade

Deixe seu comentário!