continua depois da publicidade

Talvez você já viu o “meme” dos olhos de laser, que tem certa adesão no Twitter, especialmente depois de ser usada pelo bilionário e entusiasta de criptomoedas Elon Musk em fevereiro.

A brincadeira consiste em usar avatares com lasers vermelhos no lugar dos olhos. A “tendência” foi adotada também por figuras como Anthony Scaramucci, CEO da MicroStrategy, Changpeng Zhao, CEO da Binance, Nayib Bukele, presidente de El Salvador e até políticos brasileiros.

Mas o que motivou pessoas famosas, empresários, políticos e atletas a fazerem isso? Uma dica é a hashtag #LaserRayUntil100k (feixes de laser até 100 mil), muitas vezes usadas em conjunto com as imagens. Elas indicam que a visão está “focada” no preço do bitcoin até chegar a US $ 100 mil.

Então, sim, os olhos de laser são ligadas ao bitcoin e na crença de sua valorização. Devemos lembrar que  vivemos na era da internet e que o bitcoin é amplamente visto como “o dinheiro da internet”. O ativo digital foi criado especificamente para funcionar por meio da rede global que conecta informações e computadores.

Graças a essa ferramenta global que liga computadores, hoje em dia qualquer meme pode causar um grande impacto, vide a figura do cãozinho japonês que foi “homenageado” por duas criptos DOGE e SHIB.

A graça ou ironia de um meme pode gerar a vontade de compartilhá-lo nas redes sociais, algo simples e rápido. Por isso, essas “piada expressa em meios audiovisuais” já se tornaram parte da cultura atual.

A origem dos olhos de laser é atribuída a Chairforce (esse é seu nome no Twitter) para demonstrar apoio ao  ativo digital. Em sua bio no microblog, ele se descreve como o fundador da: #LaserRayUntil100k. Ele diz er  membro do Bitcoin Meme Army, criado para “proteger o bitcoin” de ataques, algo relativamente comum na rede social do pássaro azul.

Mas qual a importância disso? Conforme mencionado por Guillermo Torrealba, CEO da exchange Buda.com em uma newsletter recente, o Laser Eyes é uma das referências mais conhecidas do movimento Bitcoin e que está sendo adotada por pessoas influentes, chamando atenção de pessoas que ainda não estão envolvidas com o mundo das criptomoedas.

Quando o empresário Michael Saylor, CEO da MicroStrategy, aditou em sua foto de perfil no Twitter as luzes  brilhantes, comentou: “Olhos de laser proclamam uma tecnologia para garantir os direitos humanos, como vida, liberdade e propriedade. Os olhos a laser canalizam a ação enquanto protegem contra distrações diluídas. Os olhos de laser sinalizam a intenção de fazer do bitcoin um instrumento de fortalecimento econômico”.

Na lista de personalidades que adotaram o meme/manifesto estão atletas como o multicampeão Tom Brady; a influencer Paris Hilton e a conta oficial dos Teletubbies. No meio político, a maior entusiasta é a senadora norte-americana Cynthia Lummis. Destaque ainda para legisladores latinos como os senadores mexicanos Eduardo Murat Hinojosa e Indira Kempis Martínez.

No Brasil, os deputados do Partido Novo Fabio Osterman e Gilson Marques e mais recentemente o presidente de El Salvador, que assinou em 5 de julho a lei que tornava bitcoin moeda corrente em seu país.

O ano ainda não acabou e não sabemos se o bitcoin chegará a 100 mil dólares a unidade. Em junho ele voltou à faixa dos 40 mil, após despencar de sua alta histórica, passando de 64 mil em 14 de abril . Mas há indícios que o meme pode provar ser uma profecia dentro de alguns meses.

Para muitos eles são mais que uma brincadeira. O trader veterano e “guru dos gráficos”, Peter Brandt, usou sua conta no Twitter para fez dizer que há uma influencia do uso dos ‘olhos de laser’ e a correção do mercado bitcoin.

Em um tweet em 18 de abril, o analista criticou o meme, que criaria um clima de “já ganhou” prejudicial à criptomoeda, que estava baixista a cair após sua máxima histórica. Ele escreveu: “O mercado está passando atualmente por um correção estilo ‘olhos de laser’. As chances de correção em criptos estão diretamente relacionadas à prevalência de olhos de laser no Twitter. Quer que a correção termine? Livre-se de seus olhos de laser”.

Coincidência ou não, pouco tempo depois o bitcoin começou a cair, chegando a valer 33 mil a unidade em maio, valor que já havia superado em janeiro.

Compartilhar.
continua depois da publicidade

Deixe seu comentário!