continua depois da publicidade

O Banco Central aprovou ontem (23) a nova norma de funcionamento para o PIX à noite com limite de até R$1.000 nas transações.

As instituições tem até o dia 4 de outubro para implementar as novas medidas. Essa é uma alternativa para tentar conter o grande número de fraudes que vem ocorrendo com a nova modalidade de pagamento.

Segundo a resolução, as instituições deverão limitar a, no máximo, R$ 1.000 a prestação de serviços de pagamento para o período das 20h às 6h, incluindo aí transferências pelo PIX. Tal limite poderá ser alterado a pedido do cliente, formalizado nos canais de atendimento eletrônicos, porém esse pedido deve ser formalizado em 24 horas.

Essa é a primeira medida, mas não será a única. Outras duas medidas deverão ser implementadas até 16 de novembro. Uma delas será os registros diários obrigatórios das ocorrências de fraudes ou de tentativas de fraude na prestação de serviços de pagamento, discriminando, inclusive, as medidas corretivas adotadas.

E também as instituições deverão avaliar previamente clientes que oferecem oferta de serviços que compensam os pagamentos no mesmo dia em que a transação foi realizada.

Compartilhar.
continua depois da publicidade

Deixe seu comentário!