A edição especial de  25º aniversário do World Wealth Report 2021 – Relatório de Riqueza Mundial – elaborado pela consultoria Capgemini foi divulgado em Paris. Ele mostrar a dinâmica de crescimento da riqueza no mundo, considerando vários indicadores.

Mesmo considerando a “turbulência” econômica causada pela pandemia, o estudo revela que no ano passado o número global de “High Net Worth Individual”, ou “indivíduos com alta renda”, cresceu 6,3% ultrapassando a marca de 20 milhões de pessoas. Somadas, suas riquezas cresceram 7,6% em 2020, chegando a quase US$ 80 trilhões.

O relatório da Capgemini é o mais antigo do setor e um dos os estudos de riqueza mais referenciados. São considerados “com alta renda” aqueles que possuem ativos de investimento de US$ 1 milhão ou mais, excluindo residência principal, itens colecionáveis, consumíveis e bens de consumo duráveis.

Entres as análises sobre os hábitos desses investidores milionários, evidenciou-se que eles buscam investimentos em mercados de alto retorno, mas aumentou o índice dos que buscam ajuda de consultorias financeiras.

Eles estão atentos a todos os avanços tecnológicos, mudanças na dinâmica social, novos players do ecossistema, democratização da gestão de investimentos e o surgimento de novos ativos digitais.

Considerando o atual aumento do mercado de ações, os “indivíduos com alta renda” também buscam diversificar seu portfólio com investimentos alternativos. Dentre os entrevistados, 72% afirmam investir em criptomoedas e 74% em outros ativos digitais, como nomes de domínio de sites ou aplicativos.

Outra tendência é acompanhar as empresas de aquisição de propósito específico (tradução livre para “Special-purpose acquisition company” – SPACs) juntamente com o crescente mercado dos tokens não fungíveis (NFTs) que estão ganhando credibilidade de classe de ativos.

Metodologia do estudo

Segundo a Capgemini, o World Wealth Report 2021 cobre 71 mercados, representando mais de 98% da renda nacional bruta global e 99% da capitalização do mercado de ações mundial, para o dimensionamento do mercado específico dos “indivíduos com alta renda”.

A Pesquisa Global de 2021 consultou mais de 2.900 “indivíduos com alta renda”, em 26 dos principais mercados de patrimônio da América do Norte, América Latina, Europa, Oriente Médio e região da Ásia-Pacífico.

Foram realizadas etrevistas e pesquisas com mais de 100 executivos de gestão de patrimônio em 17 mercados, com representação de firmas de gestão de patrimônio puro, bancos universais e corretoras, incluindo as independentes, e executivos de gestão de patrimônio consultados sobre esforços de transformação digital, estratégias de colaboração e tendências da indústria, como investimento sustentável.