continua depois da publicidade

A Amazon é uma das maiores empresas de tecnologia do mundo. Diversificando seu portfólio está investindo pesado fora do comércio online. Nos últimos meses, além de investir em supermercados físicos (Amazon Go Grocery), comprou a MGM para aumentar o catálogo de seu serviço de streaming Prime Video.

Esta semana a big tech oficializou sua entrada no mundo das criptomoedas, seguindo os passos do Facebook e da Apple, que recentemente recrutou especialistas em criptomoedas. Um anúncio em seu portal Amazon Jobs mostra que a empresa procura um “Diretor de Produtos” que tenha experiência em blockchain e Finanças Descentralizadas (DeFi).

O anúncio pede alguém com “histórico de entrega de produtos excepcionais em escala em espaços emergentes e ser apaixonado por blockchain, sistemas distribuídos e software em escala de nuvem. Idealmente, precisa possuir experiência na entrega de produtos ou inovações no espaço de blockchain e, em particular, DeFi ou serviços financeiros tradicionais, que nos ajudam a impulsionar o sucesso do cliente em um espaço de transformação”.

Há algum tempo surgiram rumores que a Amazon estava procurando uma equipe para construir um token de pagamento digital. A empresa já possui o Amazon Managed Blockchain (AMB), serviço totalmente gerenciado que facilita a criação e o gerenciamento de redes blockchain escalonáveis ​​usando as populares estruturas de código aberto Hyperledger Fabric e Ethereum (ETH).

O serviço oferecido pelo AMB escala automaticamente para atender às demandas de milhares de aplicativos que executam milhões de transações nestas redes. Originalmente, o AMB seria uma oferta de blockchain corporativa na nuvem. Assim como o blockchain Azure, da Microsoft, é uma maneira das empresas criarem blocos de bloqueio privados ou rapidamente permitidos na nuvem.

Segundo material disponível no site oficial, o AMB é “um serviço totalmente gerenciado, que acelera a capacidade dos clientes de criar e aproveitar a tecnologia blockchain escalonável para casos de uso de negócios atuais e inovadores em DeFi, Cadeia de Suprimentos, Serviços Financeiros, Identidade e muito mais”.

Até agora, corporações como a Amazon apenas testavam produtos e soluções baseadas em blockchain, mas aparentemente o surgimento da finanças descentralizadas (DeFi) gerou maior interesse delas neste setor, que em 2020 tinha US$ 270 milhões em valor, conforme o relatório da DappRadar.

Compartilhar.
continua depois da publicidade

Deixe seu comentário!