Benjamin Netanyahu é um político israelense que serviu como primeiro-ministro de Israel por três mandatos, de 1996 a 1999, de 2009 a 2021 e de 2022 a 2023. Ele é o primeiro-ministro israelense que mais tempo esteve no cargo, com um total de 15 anos.

Carreira política

Netanyahu nasceu em Tel Aviv em 1949. Ele estudou economia na Universidade de Harvard e na Universidade de Stanford. Netanyahu ingressou no Likud, o principal partido político israelense de direita, em 1967. Ele serviu em vários cargos no governo israelense, incluindo ministro da Defesa e ministro das Relações Exteriores.

Em 1996, Netanyahu foi eleito primeiro-ministro de Israel. Ele foi derrotado nas eleições de 1999, mas retornou ao poder em 2009. Netanyahu foi reeleito em 2013 e 2015.

Políticas

Netanyahu é um defensor de uma política externa dura em relação aos inimigos de Israel. Ele é um crítico do Irã e do Hezbollah e é um defensor da expansão dos assentamentos israelenses na Cisjordânia.

Netanyahu também é um defensor da solução de dois estados para o conflito israelo-palestino, mas foi criticado por não fazer o suficiente para promover a paz.

Controvérsias

Netanyahu foi acusado de corrupção em várias ocasiões. Em 2019, ele foi indiciado por fraude, suborno e abuso de confiança. Netanyahu negou as acusações.

Netanyahu também foi criticado por seu estilo de liderança autoritário. Ele foi acusado de controlar a mídia e de reprimir os críticos.

Futuro

Netanyahu perdeu a eleição de 2021 para Yair Lapid, mas retornou ao poder em 2022 após a formação de um governo de coalizão. No entanto, o governo de coalizão desmoronou em 2023 e Netanyahu foi novamente destituído do cargo de primeiro-ministro.

O futuro político de Netanyahu é incerto. Ele pode tentar retornar ao poder nas próximas eleições, mas pode enfrentar oposição de dentro do Likud e de outros partidos políticos.