continua depois da publicidade

1. Determine o objetivo dos seus investimentos

Não existe a melhor corretora, existe aquela que atende aos seus objetivos. Você já definiu quais são seus objetivos? Por que está investindo? Se o seu objetivo é para realizar uma meta de curto prazo, escolher uma corretora com corretagem gratuita seria o ideal. Avalie os serviços oferecidos e se tem a opção de investimento que você deseja.

2. Compare os custos e incentivos

Hoje em dia, praticamente todas as principais corretoras oferecem corretagem zero. Também podem oferecer um desconto para recompensá-lo por certas ações, como a transferência de uma grande conta de investimento de outra corretora.

Por fim, muitas corretoras oferecem incentivos para atrair negócios, e você não precisa ser milionário para aproveitá-los. É claro que um bom incentivo por si só não deve influenciar sua decisão, mas é definitivamente uma peça do quebra-cabeça que vale a pena levar em consideração.

3. Considere os serviços e conveniências oferecidos

O preço não é tudo, especialmente para novos investidores. Claro, que tendo todos os serviços iguais, é melhor encontrar o preço mais baixo, mas aqui estão algumas outras coisas que você precisa considerar ao escolher uma corretora:

Acesso à pesquisa: muitas corretoras fornecem suas próprias classificações de ações, bem como acesso a pesquisas de terceiros de empresas.

Comércio exterior: algumas corretoras oferecem a capacidade de converter o dinheiro de sua conta em moedas estrangeiras para negociar em bolsas de valores internacionais. Se isso for importante para você, certifique-se de que o corretor que você escolher permite.

Ações fracionárias: isso pode ser especialmente importante para novos investidores, pois você não precisa necessariamente ser capaz de arcar com uma ação inteira para começar a investir em suas ações favoritas.

Plataformas de negociação: as várias corretoras oferecem uma ampla variedade de software de negociação e aplicativos móveis, e muitas realmente permitem que as pessoas testem suas plataformas antes de abrir uma conta.

Conveniência: algumas corretoras têm grandes redes de filiais locais que você pode visitar para obter orientação de investimento face a face, enquanto outras não.

Além disso, as corretoras operadas por bancos oferecem aos clientes a possibilidade de conectar sua corretora e conta corrente, transferindo dinheiro entre as contas em tempo real e podem oferecer algum tipo de “desconto de relacionamento” para isso. Por esse motivo, também é uma boa ideia verificar se o seu banco possui uma corretora online.

Outros recursos: Esta lista não é exaustiva, portanto, antes de escolher uma corretora, passe algum tempo em seu site explorando o que ele oferece.

Compartilhar.
continua depois da publicidade

Deixe seu comentário!