O dinheiro não é mau, o coração das pessoas é que é. E você vai concordar com essa afirmação no final do texto.

Dinheiro não é tudo, mas significa muita coisa. Já sabemos e estamos cansados de ouvir que ele não traz felicidade. Mas você consegue ser feliz endividado?

Não devemos adorar ao dinheiro e viver nossas vidas colocando ele acima de tudo, mas precisamos entender que ele é sim importante e essencial para a sobrevivência nesse mundo consumista ao qual vivemos.

O problema é que somos acostumados a ver o dinheiro como vilão, como algo ruim que só causa desgraça e destruição. Mas se formos analisar mais profundamente veremos que não é bem assim. Se adquirirmos o nosso dinheiro de uma forma saudável e correta e usarmos para objetos adequados entenderemos que ele está a nosso favor.

Costumamos dizer que não gostamos do dinheiro e sim das coisas que ele nos proporciona. E qual é a diferença?

Sem dinheiro acabamos limitando nossos sonhos. Por medo de ir atrás dele e nos tornarmos aquelas pessoas “más” que foi nos pregado a vida inteira, desacreditamos de nós mesmos e aceitamos viver na mesmice de nossas vidas miseráveis.

E tem que diga “eu sou simples e gosto da minha vida assim”. E quem disse que isso deve mudar? Dinheiro não deve estar associado à luxúria, um dos sete pecados capitais. Se pesquisarmos a vida das pessoas mais ricas do mundo veremos muita simplicidade e vontade de fazer bem para outras pessoas.

Essa questão do dinheiro é tão séria que 80% dos casais acabam pedindo divórcio por causa dele. E lá vem aquele pensamento mítico novamente “eu sabia que o dinheiro era mau”. Não se engane as pessoas não se separam por causa do dinheiro e sim pela falta dele.

Conseguir proporcionar uma vida tranquila para a família não é algo que todo mundo consegue. E isso não é porque ganham pouco, ou por causa de todo aquele mimimi de “não nasci em berço de ouro”, “não tive oportunidade de estudar para conseguir um emprego melhor”. Todo mundo é capaz, o problema está na organização financeira devido à falta da educação financeira em nosso país.

Não é o dinheiro que é ruim, e sim os nossos desejos. Ele é só um pedaço de papel sem vida. O que está no coração das pessoas é que é ruim.

Trabalhe, lute e corra atrás do seu dinheiro. Realize seus sonhos, compre o seu carro, sua casa, alcance a liberdade financeira. Faça com o dinheiro tudo de bom que ele possa te oferecer, sem ferir ninguém e sem corromper o seu coração.

Share.

Deixe seu comentário!