continua depois da publicidade

Os tokens de fãs parecem que chegaram para ficar no Brasil. Após o lançamento tímido de uma criptografia que permita interação com o clube, aquisição de bens e todas as vantagens desses tokens utilitários, Atlético Mineiro e Corinthians também entraram nessa, mas apostando em uma parceira com a Chiliz, plataforma responsável pela moeda CHZ.

Agora é a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que confirmou sua entrada no mercado cripto, em parceria com a empresa blockchain turca, a Bitci Technology. Além dos tokens de fãs, está prevista a emissão de tokens não fungíveis (NFTs, na sigla em inglês) com temáticas da seleção pentacampeã do mundo.

Saiba mais sobre tokens de fã AQUI

Conforma o material de divulgação da CBF, serão três anos de parceria e tanto os tokens utilitários quanto peças em NFT serão negociados internacionalmente pela empresa turca. A Bitci já emite criptografia para as Seleções da Espanha e do Uruguai, além de alguns clubes europeus de futebol e para a escuderia McLaren de Fórmula 1.

A data oficial de lançamento não foi anunciada, mas no site da CBF há algumas explicações sobre o negócio. “O acordo inclui as seleções brasileiras de futebol masculino e feminino, além das seleções sub-20, sub-17 e sub-15. Durante a vigência do contrato, a Bitci Technology será a única parceira de negócios relacionados à tecnologia blockchain da seleção brasileira de futebol.”

O presidente em exercício da CBF, Antônio Carlos Nunes, falou sobre a entrada nesse novo mercado: “Temos a oportunidade de alavancar a interação com os fãs da seleção brasileira em todo o mundo. Iremos conectar a paixão pela seleção nacional mais popular do planeta com experiências, conteúdo e benefícios”.

Existe a possibilidade de CBF listar seus tokens em outras corretoras. Mas além de lucrar com a venda dos tokens de fãs, eles podem introduzir milhares de pessoas ao mundo das criptomoedas, já que alguns fundamentos são os mesmos. A tokenização dos esportes parece ser uma grande porta de entrada e os pesados investimentos nisso provam que muito em breve todo mundo terá maior familiaridade com os conceitos básicos da criptografia.

Share.
continua depois da publicidade