continua depois da publicidade

A maior companhia mundial do setor de carnes, JBS (JBSS3) iniciou a manhã com boas noticias para o mercado.

Nesta sexta-feira (6) a empresa informou que fez acordo para adquirir 100% da segunda maior produtora de salmão da Austrália,a  Huon Aquacultura.

O acordo foi fechado com a empresa no valor de US$ 315 milhões (aproximadamente R$ 1,6 bilhão) e com um enterprise value de US$ 403 milhões, a operação já foi aprovada pelos acionistas majoritários. Agora aguardam a aprovação dos demais acionistas e autoridades australianas, assim que aprovada a transação deve ser concluída até o final de 2021.

Segundo o CEO da JBS, Gilberto Tomazoni o objetivo da empresa é expandir seu portfólio. Desta vez entrando também para o mercado de aquicultura. Além de ser responsável pela produção de suínos e frango, a companhia já conta com uma variedade de produtos.

A Seara anunciou em março desse ano o inicio da distribuição de peixes e frutos do mar no mercado brasileiro. Com a aquisição da JBS, eles serão a primeira empresa a distribuir esses alimentos com produção própria.

A demanda no mercado de peixes, que movimenta uma média de US$ 400 bilhões ao ano é tão grande que tem atraído empresas como a Cargill, que também está de olho em acordos para entrar na produção e processamento de pescado.

A Huon Aquaculture é uma grande empresa de aquicultura e processamento de alimentos localizados na Tasmânia. Fundada em 1986, a Huon cresceu e se tornou o segundo maior produtor de salmão do estado. Ao todo, a empresa australiana possui 13 locais de produção e 3 unidades de processamento de produtos de valor agregado.

As expectativas é que as ações da JBS subam no dia de hoje como é costumeiro no mercado quando grandes aquisições são realizadas por empresas que atuam na bolsa de valores.

Compartilhar.
continua depois da publicidade

Deixe seu comentário!