continua depois da publicidade

Houve um tempo em que falar de bolsa de valores parecia algo muito distante da realidade de pessoas comuns. Ouvíamos falar de ações de empresas apenas em filmes norte americanos como se fosse um produto exclusivo de lá.

Em pleno ano 2021 a realidade já é outra e estamos mais habituados a ouvir sobre ações da bolsa de valores. Podemos acompanhar quando a bolsa sobe ou cai através de nossos telejornais, internet ou grupos de redes sociais. Podemos comprar uma ação em questão de segundos através do nosso próprio computador.

Mas afinal, você sabe o que é o conceito de uma ação?

Ação é a menor parcela do capital social de uma empresa. Um título patrimonial que concede todos os direitos e deveres de um sócio. São partes de uma empresa. É como vender fatias de bolo, as partes são divididas igualmente pelo mesmo valor, mas a pessoa tem a opção de comprar mais de uma fatia.

Ao comprar ação de uma empresa você se torna um acionista, ou seja, é sócio dela.

Como comprar ações?

Para uma empresa disponibilizar ações ela precisar estar dentro da bolsa de valores.

Inicialmente para entrar na bolsa a empresa realiza uma IPO (Initial Public Offering), sigla para Oferta Pública Inicial (ou OPI). Como o próprio nome diz, é quando uma empresa vende ações para o público pela primeira vez. Isso também é conhecido como a abertura de capital.

Para fazer um IPO, uma empresa deve cumprir uma série de requisitos legais e regulatórios. Precisa, por exemplo, estar juridicamente constituída como uma “S/A”, ou sociedade anônima, em que seu capital é dividido em ações (e não em cotas, como no caso das companhias limitadas).

Depois de todos esses tramites que a empresa faz você pode comprar as ações dela através de um HomeBroker, sem ele não tem como investir em ações.

Para ter acesso a esse sistema é necessário abrir conta em uma corretora de investimentos. Todo esse processo é realizado de forma online, sem sair do conforto da sua casa.

Como escolher uma ação?

O mercado de ações é muito amplo. Só na bolsa brasileira existem mais de 400 empresas cadastradas dos mais diferentes setores, entre eles temos o setor de varejo, financeiro, bens de consumo, comunicações, commodities, materiais básicos, entre outros.

Para escolher uma ação o investidor deve estar ciente de qual setor mais lhe agrada, que acredita no potencial de crescimento.

É importante conhecer a empresa que irá investir. Procurar informações a respeito, ler relatórios, ver como foi seu desempenho nos últimos meses e anos.

Antes de comprar uma ação você precisa conhecer bem. Você precisa comprar algo que acredita que futuramente ela irá se valorizar.

Caso esteja inseguro na hora de decidir na compra de ações você pode pedir ajuda a um especialista. Quem pode indicar ações é um analista certificado do CNPI. Mesmo com esse profissional disponível para te ajudar no mercado, é importante você estudar e entender suas operações dentro da bolsa.

Quanto custa investir em uma ação?

Existem ações dos mais variados preços. A partir de R$ 15,00 é possível encontrar ações.

O preço das ações depende do desempenho das empresas. O valor de cotação depende das perspectivas de lucro, projeções dos analistas do mercado, interesses dos administradores, acionistas controladores e demais acionistas.

Por isso não tem como ter certeza quanto uma ação estará valendo no longo prazo. Assim como objetos palpáveis, as ações também podem perder ou ganhar valor. Elas fazem parte da renda variável, e como o próprio nome já diz, ela varia.

Ações de boa qualidade tendem a se valorizar e as ruins perdem valor. Quanto mais gente quer uma ação, mais ela se valoriza. Não tem como prever quando uma ação irá cair, por isso é tão importante estudar os fundamentos das empresas ao qual irá investir.

Tipos de ações

Temos dois tipos de ações na nossa bolsa, sendo elas:

Ações ordinárias (ON) – Correspondem as mesmas ações que os sócios prioritários têm. Nessa modalidade o investidor literalmente é sócio da empresa. Ele passa a ter direito de voto sobre as decisões da empresa e tem direito aos lucros dos produtos que a empresa fabrica.

Essas ações são identificadas na bolsa com o ticker de quatro letras seguido pelo número 3 no final. EX: ABCD3.

Preferenciais (PN): Nesta modalidade o acionista não se torna sócio da empresa, ele é como um financiador, alguém que emprestou dinheiro para essa empresa apenas.

As empresas optam por essa modalidade quando percebem que já tem um grande número de sócios, mas ainda precisa de dinheiro para manter-se.

Por mais que pareça menos vantajoso, esse tipo de ação de possibilita uma melhor rentabilidade com dividendos e juros sobre o capital.

Essas ações são identificadas na bolsa com o ticker de quatro letras seguido pelo número 4 no final. EX: ABCD4.

Todas as empresas são obrigadas a ter ações ON, já as PN não são obrigatórias.

Por que investir em ações?

Investir em boas empresas pode ser o melhor investimento que existe deste que seja feito com cautela.

Você pode ser sócio de uma empresa sem nunca precisar pisar nela e ainda receber dos seus lucros.

Nas ações, você tem a chance de investir em empresas e no crescimento delas. Tem a oportunidade de virar sócio das melhores empresas do país e por isso mesmo você vai saber que o seu dinheiro está sendo muito bem administrado pelos gestores dessas empresas.

Share.
continua depois da publicidade