continua depois da publicidade

Einsten já dizia que os juros compostos são a força mais poderosa do universo e a maior invenção da humanidade, porque permitem uma confiável e sistemática acumulação de riqueza.

E não é para menos que o grande teórico da física chegou a essa conclusão. Os juros compostos tem realmente um poder gigantesco para quem saber utiliza-lo.

Mas afinal o que são juros Compostos?

Juros compostos podem ser definidos de forma resumida de “juros sobre juros”. Podemos entender melhor essa teoria com o exemplo de uma árvore. Através de uma árvore podem nascer muitos frutos, e que através desses frutos novas sementes podem ser plantadas, aumentando ainda mais a quantidade inicial.

Juros compostos é a adição de juros à soma principal de um empréstimo ou depósito.

Fórmula dos Juros Simples x Juros Compostos

Para melhor compreensão vamos avaliar a fórmula dos juros simples, aquele que aprendemos na escola e a fórmula dos juros compostos.

Suponhamos que você tenha R$ 100,00 para investir com taxa de juros de 10% ao mês.

Nos juros simples você multiplica o valor inicial aos 10% de juros.

EX: R$ 100,00 x 10% = R$ 10,00 = TOTAL DE R$ 110,00

O total do primeiro mês seria de R$ 110,00. Posteriormente no segundo mês a mesma conta é realizada e o lucro continua de R$ 10,00 reais. Ao qual somando os R$ 10,00 do primeiro mês mais os R$ 10,00 do segundo mês, sua rentabilidade até o momento é de R$ 20,00. Os juros simples reincidem somente sobre o montante inicial.

Continuando essa conta ao longo dos meses e anos a rentabilidade vai ser sempre baseada no valor inicial, somando apenas o valor do rendimento no final.

Já nos juros compostos a conta funciona diferente. Com o mesmo valor inicial de R$ 100,00 e a mesma taxa de juros de 10% teremos no primeiro mês:

EX: R$ 100,00 x 10 = R$ 10,00 = TOTAL DE R$ 110,00

Já no segundo mês o valor de soma já não é mais considerado o valor inicial e sim o valor já atrelado aos juros.

EX: R$ 110,00 X 10% = R$ 21,00 = TOTAL DE R$ 121,00

E assim consecutivamente, no terceiro mês o lucro é de R$ 133,10, no quarto mês de R$ 146,41 e segue aumentando sempre calculando em cima dos juros. Por isso a definição de “juros sobre juros”.

Como investir com juros compostos

No curto prazo pode parecer pouca diferença, mas ao longo dos anos os juros compostos podem fazer uma diferença gigantesca no seu saldo.

Ele é o principal fator de enriquecimento de grandes investidores. Um pequeno passo hoje pode garantir sua aposentadoria, seu sucesso lá na frente.

Para ter bons rendimentos com juros compostos é preciso avaliar três fatores:

Capital : quanto dinheiro será investido;

Taxa: Qual vai ser a rentabilidade;

Tempo: Por quanto tempo esse dinheiro ficará investido;

Sabendo que quanto mais dinheiro você investe, assim como a maior taxa de juros e o maior período de tempo investido a rentabilidade será sempre maior.

Então investindo todos os meses determinado valor os juros crescem ainda mais, já que o rendimento vai automaticamente sendo reaplicado dentro dos juros compostos.

Atenção aos juros compostos

Os juros compostos sim podem ajudar muito a crescer o valor do seu patrimônio. Porém, você precisa conhecer como eles funcionam e dominar eles a seu favor.

Os juros podem agir também contra você. Porque assim como eles são usados nos investimentos, os bancos também utilizam em cima de dividas.

Ao atrasar uma divida bancária como, por exemplo, de cartão de credito, o juros compostos se torna totalmente contra você. E agora depois dos exemplos você já entendeu o porquê.

Hoje em dia existem vários simuladores de juros compostos na internet que faz tudo pra você sem ter dificuldade.

Use juros compostos para investir, não para se endividar. Use juros compostos ao seu favor e nunca contra você.

Share.
continua depois da publicidade