continua depois da publicidade

O CDB faz parte dos investimentos considerados de renda fixa. Isso porque ao aplicar um valor em determinado CDB você já tem uma base de quanto será o seu retorno no curto ou longo prazo.

As siglas significam Certificados de Depósitos Bancários e nada mais é do que um título emitido por bancos com o objetivo de captar dinheiro. Ao investir em CDB você está emprestando dinheiro para o banco emissor do título.

Atualmente ele é um dos investimentos mais conhecidos e procurados pelos investidores da renda fixa, principalmente aqueles mais conservadores, isso se deve principalmente à sua boa rentabilidade e segurança.

Por que os bancos querem o seu dinheiro?

O banco precisa de dinheiro para poder emprestar dinheiro para outras pessoas. Quando você faz um empréstimo para o banco, o banco oferece empréstimos para outras pessoas cobrando juros altíssimos e no final ele te devolve o valor com parte desses juros que ele recebeu por ter emprestado para essas pessoas.

Existem taxas extras para pagar?

Claro que como qualquer outro investimento, nos CDBs também tem a cobrança de Imposto de Renda, que corresponde a 15% sobre a rentabilidade. Mas na maioria dos CDBs a cobrança de IR é regressiva, quanto mais tempo você esperar para o resgate do seu dinheiro, maior será a sua rentabilidade e menor o valor do Imposto.

Existem CDBs com liquidez diária, porém, os melhores são os que só podem ser resgatados em um prazo maior.

Caso você opte por um CDB de longo prazo, mas precise retirar o dinheiro antes, você pode tirar o dinheiro antes da hora, porém, acaba perdendo a rentabilidade e parte do valor que você aplicou.

Isso porque ao fechar um investimento de longo prazo o banco espera que você se comprometa a deixar o dinheiro durante o período preestabelecido para poder garantir os juros.

É seguro investir em CDB?

Sim. Os CDBs são os investimentos considerados mais seguros por analistas. Por ele fazer parte da renda fixa, sua segurança já se torna bem maior.

Além disso, ele tem a garantia do FGC. Se o banco que você investiu em CDB quebrar o FGC vai restituir o seu dinheiro em até 250 mil por instituição, podendo chegar até R$ 1 Milhão por CPF.

Onde encontrar CDBs e como investir?

Existem vários tipos de CDBs de vários bancos diferentes. Cada banco pode oferecer três modalidades de CDBs: os CDBs pós-fixado, prefixado e híbrido.

O investidor deve ficar atento ao escolher um CDB em questões de tamanho do banco​, liquidez e prazo de vencimento. Lembrando que grandes bancos costumam oferecer uma rentabilidade menor, porém, a segurança é maior. Hoje com as diversas opções de bancos digitais seguros, a procura por CDBs de grandes instituições financeiras diminuíram.

Por isso para investir em CDB não precisa ir até uma agência bancária, conversar com o gerente e esperar ele te oferecer um investimento favorável. Você consegue fazer esse tipo de investimento sem sair de casa, através do próprio aplicativo do banco ou de forma mais segura, através de corretoras de valores.

Seja qualquer investimento, estude antes de colocar o seu dinheiro.

Você investe, ou já investiu em CDB? Já parou para pensar que pode ser a pessoa que vai emprestar dinheiro para o banco?

Compartilhar.
continua depois da publicidade

Deixe seu comentário!